sábado, 13 de novembro de 2010

Tantas verdades.

   Eu não preciso de você, eu não preciso de ninguém, eu estou bem só. Eu acho que já me machuquei o bastante com você, e ainda me machuco, e ainda suporto. E agora estou aqui só, cheia de machucados, procurando algum lugar para esconder minhas lágrimas, estou péssima e a culpa de tudo isso é sua, como pode me deixar nesse estado? O meu mundo caiu, e ai garoto? Você não pode fazer isso comigo, estou cansada de ser sempre sua segunda opção, de ser sempre só mais uma. Você me trata como se eu não fosse ninguém, como se eu não existisse, mas eu já cansei de te provar que você mexe comigo, já cansei de prova que você é o dono do meu coração, mas e ai garoto? Por mais quanto tempo eu vou ter que fingir que está tudo bem? Por mais quanto tempo vou ter que te ver com ela e vou ter que sorrir, pra não ter que chorar? Por mais quanto tempo vou ter que fingir que sou forte, que suporto tudo isso, que não me importo com você, por mais quanto tempo? Eu quero sorrir de verdade, eu quero ser eu, não uma garota que tenta ser alguém pra impressionar você, eu quero parar de fingir que está tudo bem, por que não está, eu estou péssima, péssima sabe o que é se sentir péssima, é por que eu estou me sentindo assim, e não é nada bom, e estou triste, triste por que agora você está com ela, fazendo coisas que devia está fazendo comigo, e o seu precioso sorriso, que eu tanto admiro, agora tem um novo motivo para sorrir ela, que não sou eu, é ela, e ai garoto? Agora como a gente faz? Vai cada um para o seu lado e pronto? Não é assim, você me machuca e pronto, acabou? E ai garoto, eu não vou parar de lutar por você, não, a nossa história não acaba por aqui, e não é por que está com ela, que vou desistir de você. Estou só e machucada, mas eu nunca disse que estou sem forças por que não é verdade, estou bem, e apesar de você me tratar como me trata, vou continuar lutando por você, por que quando eu digo que eu o amo, eu não estou mentindo.
                                                                 @Diva!

Nenhum comentário:

Postar um comentário