sábado, 4 de dezembro de 2010

This is my world.

   Eu não sou dona da felicidade, muito menos da verdade. Eu sou ingrata, mal criada, egoísta, invejosa, rebelde e tudo que você quiser, mas eu sou eu mesma. Eu não dependo dos outros para botar um sorriso no cara. Eu gosto de chocolate, gosto do diferente, não suporto falsidade, eu corro atrás dos meus sonho, e não me importo com o que os outros pensam de mim, talvez eu seja muito na frente deles, talvez essas pessoas que tanto me criticam são apenas fãs frustrados ou pessoas que me idolatram em silêncio. Acho que minha sinceridade incomoda muitas pessoas, mas nem por isso vou começar a mentir. Se você não me respeita, pelo menos me aceite, por que eu tive que me aceitar. Eu sou feliz na medida do possível, eu não preciso machucar os outros para me sentir bem. Você não consegue se dar com o meu pior então é por isso você não merece o meu melhor. Olho no olho para mim basta, não quero ser maior e nem menor que ninguém, mas quem nasce sujo morre sujo, e para essas pessoas dedico o meu desprezo. Preconceito para mim é bobagem, que se da o respeito de tentar o humilhar o outro por que ele é diferente, é fraco e desumano. Eu crio minhas regras, e se você quiser seguir, então seja humilde e gentil, por que sem isso você não é nada. Desistir para mim, é perda de tempo, por que se você quer algum coisa de verdade, não vai ser um pedrinha que vai te impedir de alcançar. Para de tentar ser quem você não é, você não vai conseguir nada com isso. Você só vai se iludir cada vez mais, e um dia o mundo te prova que ser você é a melhor coisa que existe. Então faça tudo o que um dia você imaginou fazer, peça desculpa, agradeça, brigue, fale, ame e nunca deixe de sorrir, por aquele que um dia quis te ver desistir.
                                                                   @Diva!

Nenhum comentário:

Postar um comentário